segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

Manual da Auto Atrapalhação


Livros de Auto Ajuda existem aos montes e são vendidos às pencas.
Nós, humanos, buscamos incessantemente fómulas mágicas que deveriam melhorar nossas vidas O problema com os livros é que, em sua maioria, propõem mudanças dificeis de empreender. A euforia quando se compra e começa a ler vai se transformando em desalento assim que se percebe a grande empreitada e as frustrações do caminho.
Nossa proposta revolucionária é apenas descobrir nossos recursos escondidos que utilizamos sem nos dar por isso.
Descobrir e ressaltar crenças, idéias, sentimentos e ações que irão tornar sua vida cada vez pior.
Surge portanto o novíssimo:

MANUAL DA AUTO ATRAPALHAÇÃO

Dicas fáceis e infalíveis para transformar a sua vida numa complicação constante

Comecemos pois por uma sugestão que certamente dará origem a muita dor de cabeça:

BUSQUE A PERFEIÇÃO

Este será um tópico que discutiremos longamente.

Voltemos nossa atenção para nosso eterno companheiro: o corpo.
Nunca, jamais, em tempo algum, aceite ser do jeito que é. Fique diariamente na frente do espelho e descubra todos
os seus defeitinhos. Crie mentalmente um ideal de como você gostaria de ser. Mulheres, sejam Angelina ou Gisele. Homens, Brad Pitt ou Robert Pattinson. Se não tem o corpo das revistas ou do cinema, faça qualquer negócio para chegar a tê-lo.
Vale tudo. Jejum,malhação, plástica, botox. Procure anúncios de promessas milagrosas e experimente. Desrespeite todos os limites e nunca relaxe.
Se, enfim, conseguiu o físico dos seus sonhos, mantenha-se alerta pois a gravidade e o relógio estão contra a sua pessoa.
Trate, portanto, seu corpo como um inimigo e ele se comportará como tal proporcionando uma infinidade de problemas e preocupações que preencherão sua vida.

4 comentários:

Rebs disse...

Muito bom!!!
Faltou falar que é necessário aplicar botox até perder a expressão. Afinal, sorrir ou franzir a testa só dá mais ruga.

Clarissa Barth disse...

Opa, a Rebeca tem razão: melhor, então, é nem sorrir!

evangelina disse...

Esperem, meninas, isto só vai piorar...

Anônimo disse...

Ricardo, o palpiteiro, disse:
Realmente, rir não é o melhor remédio para quem quer se sentir desgraçado. Afinal, as lágrimas hidratam a pele!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...